Varistor – O que é? Como Testar? Qual Varistor Substituto Posso Colocar?

O que é um Varistor?

Um varistor de óxido metálico (“MOV” do inglês metal-oxide varistor) ou simplesmente varistor, é um componente que se parece muito com um capacitor cerâmico de disco mas que trabalha como se fosse um diodo zener bidirecional, de forma simples é como se fosse um “amortecedor elétrico”. Sua função é de suprimir transientes de tensão, ou seja, amortecer eventuais picos de tensão que possam surgir na rede elétrica a fim de proteger o circuito. Normalmente os varistores ficam localizados logo no início da fonte de alimentação, em paralelo com a entrada da rede logo após o fusível.

Como Substituir um Varistor?

Assim como qualquer outro componente eletrônico o varistor possui valores diversos de trabalho que variam de 10 a 1.000 volts, por isso, antes de trocar um varistor por outro veja se ele atende às mesmas especificações do varistor anterior. Para isso, podemos utilizar tabelas de varistores que são disponibilizadas por alguns fabricantes.

Veja um exemplo prático.

Suponha que seja necessário substituir esse varistor: 10D471K , este código fica escrito no próprio componente ok? Veja:

varistor-10d471k

Muito bem, antes de pesquisar pelo componente na tabela preciso passar uma informação importante que vai te ajudar na hora de procurar pela característica dele. Observe que o código do componente pode ser dividido em duas partes: 10D e 471K. A primeira informação se refere ao diâmetro do componente, neste caso 10 milímetros, e a segunda informação 471K é justamente o código que nos interessa pois é o seu identificador, e é esse código que vamos procurar.

Uma vez sabendo disso o passo seguinte é procurar na tabela de varistores por este código e descobrir qual a tensão máxima que ele suporta. Alguns varistores indicam este valor no componente mas como não é o caso temos que pesquisar.

tabela varistores

20d471k

A coluna que nos interessa é R.M.S. onde diz Tensão Contínua Máxima, que é justamente a tensão máxima que o componente poderá suportar e podemos verificar então que o varistor 471K pode suportar até 300VAC. Agora fica a seu critério, o ideal é claro é trocar o componente por outro de mesmo código para que se mantenha a originalidade do circuito mas se por acaso você não tiver em mãos um varistor 471K pode-se substituir por um 431K que ainda assim vai proteger o circuito, neste caso limitando a tensão máxima a 275V.

Como Testar um Varistor?

Testar um varistor é simples, um varistor em boas condições deve apresentar uma resistência muito alta ao encostar as pontas de prova nos terminais.

  1. Remova o componente da placa
  2. No mulímetro analógico, ajuste a escala para x10k.
  3. Encoste as pontas de prova no componente.

Se o ponteiro deflexionar muito significa que o varistor está com defeito e deve ser substituído, caso o ponteiro não se mova ou mova-se muito pouco, indica que está bom.

Caso ainda tenha dúvidas sobre o teste veja no vídeo abaixo como testar na prática:


Tags

como testar, varistor


Você também pode gostar...

Como Medir um Resistor na Placa

Como Medir um Resistor na Placa

Lei de Ohm Ω

Lei de Ohm Ω
Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}

Cadastre-se gratuitamente e seja avisado quando eu postar novos conteúdos: