Lei de Ohm Ω

Objetivo deste artigo:

  • Entender a lei de ohm e saber como aplicá-la

O que é a Lei de Ohm

A lei de ohm nada mais é do que a relação entre tensão, corrente e resistência e a forma com que essas grandezas se relacionam entre si. Quem desenvolveu essa lei foi o físico alemão Georg Simon Ohm e por isso a unidade de medida de resistência elétrica foi atribuída em sua homenagem e incluída no sistema internacional de unidade e medidas. Em suas pesquisas ele media a intensidade da corrente elétrica ao encostar nos circuitos para verificar o quanto doía, quanto maior a dor, maior era a corrente.

Relação entre tensão, corrente e resistência da lei de ohm

Fórmulas da Lei de Ohm

Existem portanto três combinações que podemos aplicar na lei de ohm:

  • Tensão = Corrente x Resistência
  • Resistência = Tensão ÷ Corrente
  • Corrente = Tensão ÷ Resistência

Mas existe uma forma bem fácil de memorizar essas três fórmulas, observe a imagem:

Caso você precise descobrir a tensão basta cobrir o V com o dedo e o que sobra é a expressão I x R, ou seja, corrente multiplicada por resistência. Mas agora vamos supor que temos os valores de tensão e resistência e precisamos descobrir a corrente, como fazer? Basta seguir a mesma lógica, cubra com o dedo o I e o que sobra é V ÷ R. Da mesma forma se quiser descobrir o R, basta cobrir com o dedo a variável que estamos querendo saber o valor e o que sobra é V ÷ I, bem fácil né?

Talvez você esteja se perguntando, mas por que a corrente está sendo representada pela letra I se no multímetro é a letra A? Bom, a unidade para a corrente elétrica é o ampère como talvez você já saiba, e quem realizou os trabalhos sobre corrente elétrica foi o francês André Ampère. Durante o desenvolvimento ele chamou a corrente elétrica de Intensité du courant ou Intensidade da corrente e quando ele publicou o seu trabalho acabaram adotando a letra I como padrão e ficou assim até os dias de hoje.

Em alguns casos podem substituir a letra E ao invés do V para volts. Esse E quer dizer força eletromotriz, mas basta saber que E e V querem dizer o mesmo, ou seja, tensão elétrica.

Muito bem agora vamos para um exemplo prático. Suponha que num circuito temos um resistor de 15Ω e que no visor do multímetro esteja apresentando 1A. Qual tensão está sendo aplicada no circuito?

Exemplo Lei de Ohm

Queremos descobrir a tensão, então cobrimos a letra V e o que sobra é I x R. Como I = 1A e R = 15 então fica, V = 1A x 15Ω que resulta em 15V.

Espero que com essa breve explicação tenha ficado mais fácil o entendimento sobre a Lei de Ohm, caso ainda tenha ficado com alguma dúvida deixe um comentário ou confira o vídeo abaixo. Forte abraço!


Tags

lei, ohm, resistencia, resistor


Você também pode gostar...

Como Medir Resistores na Placa

Como Usar um Multímetro

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}